A ação política dos intelectuais no Brasil (1930-1945)
Author Lima, Tereza Cristina Pereira
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-advisor Silva Neto, Casimiro Pedro da
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-medium 78 f.
Abstract Getúlio Vargas governou o Brasil por duas vezes: de 1930 a 1945, e de 1951 a 1954, ano de sua morte. Norteada por uma concepção centralizadora, a Era Vargas caracterizou-se pelo desenvolvimento econômico, o nacionalismo, o controle sobre os trabalhadores e sobre os sindicatos, o planejamento estatal, a legislação social, os investimentos públicos e, sobretudo, pelo papel atribuído ao Estado como agente econômico. Do ponto de vista político, foi marcada pela precariedade das liberdades públicas, pela fraqueza da participação, por entraves à organização e à institucionalização política. Apropriando-se, à sua maneira, de intervenções políticas que se operavam no plano internacional, a Era Vargas imprimiu ao Brasil conotações autoritárias, populistas e populares, e produziu um modelo econômico e institucional cuja durabilidade foi surpreendente. Neste trabalho procuramos tratar a trajetória da relação entre a ação política e o pensamento intelectual, utilizando-se do elemento histórico para alertar sobre a fraqueza da hipótese que supõe uma bipolarização entre o intelectual isolado e aquele integrado ao contexto político. Destacamos que a “simbiose necessária” entre políticos e intelectuais é resultado da demanda de certo momento histórico no qual os últimos assumem seu papel político e se transformam nos “intérpretes dos anseios da sociedade”.The president Getulio Vargas governed the Brazil twice, from 1930 to 1945 and from 1951 to 1954, the year of his death. Guided by a centralized conception of public administration, the Vargas era got characterized by the economic development, the nacionalism, the workers and syndicates’ control, the estatal scheming, social laws, public investiments and, mainly, the State as an important economic agent. From a politic view, Vargas’s administration had as caracteristic the precariouness of individual liberties, obstacles against social and politic organizations. President Vargas, with his peculiar politic capacity, appropriated historics transformations around the world to introce in Brazil the autoritarism and populism and stablished an economic and institutional model, whose durability was admirable. On this research we try to show the relation betwen politic actions and intellectual thoughts, using the historic elements to affirm that it is a mistake the hypothesis that supposes a bipolarization between an isolated intellectual and another integrated in the politic process. It´s necessary to call attention that “the necessary symbiosis” between politics and intellectuals is a result of a determineted historic moment when the intellectuals, in their historic roles, become themselves the translators of the society’s aspirations.
Subject Intelectual e política, Brasil
Cultura política, Brasil
Estado Novo (1937-1945), Brasil
Description Monografia (especialização) -- Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor), da Câmara dos Deputados, Curso de Especialização em Instituições e Processos Políticos do Legislativo, 2008.Nome do autor na folha de rosto : Tereza Cristina P. Lima.
Date 2008
URI http://bd.camara.gov.br/bd/handle/bdcamara/12499

Show full item record Show simple item record



Files in this item

Name: Size: Format: Visualização
acao_politica_lima.pdf 430.4Kb Adobe/PDF Thumbnail
acao_politica_lima_qrcode.png 3.866Kb PNG image Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)